Thiago mU

Thiago mU

Thiago é jornalista, locutor e produtor à frente de empresas como o Studio Mu e dos Canais AudioProdutor e GospelBeats

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

É claro que o efeito da campanha, na verdade, é o contrário

Na África do Sul, o Burger King lançou uma campanha que “censura” seus anúncios próprios anúncios a fim de evitar tentações durante o período de quarentena.

As imagens trazem itens de menu sendo censurados, com fotos pixeladas de batatas, hambúrgueres e outros produtos da rede de fast food. “A partir de agora, nossa publicidade também será bloqueada”, explica o Burger King South Africa. “Por respeito a você e ao seu paladar.”

É claro que o efeito da campanha, na verdade, é o contrário. Com a própria agência criadora da ideia explica: “Sempre desejamos o que não podemos ter”.

O conceito é semelhante a uma campanha do Burger King Bélgica, que bloqueou fotos de hambúrgueres em seu site para que os clientes não “se machucem” durante esse período.

Open chat
1
Olá!
Posso te ajudar?