Thiago mU

Thiago mU

Thiago é jornalista, locutor e produtor à frente de empresas como o Studio Mu e dos Canais AudioProdutor e GospelBeats

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Burger King “censura” seus próprios anúncios para evitar vontades na quarentena

É claro que o efeito da campanha, na verdade, é o contrário

Na África do Sul, o Burger King lançou uma campanha que “censura” seus anúncios próprios anúncios a fim de evitar tentações durante o período de quarentena.

As imagens trazem itens de menu sendo censurados, com fotos pixeladas de batatas, hambúrgueres e outros produtos da rede de fast food. “A partir de agora, nossa publicidade também será bloqueada”, explica o Burger King South Africa. “Por respeito a você e ao seu paladar.”

É claro que o efeito da campanha, na verdade, é o contrário. Com a própria agência criadora da ideia explica: “Sempre desejamos o que não podemos ter”.

O conceito é semelhante a uma campanha do Burger King Bélgica, que bloqueou fotos de hambúrgueres em seu site para que os clientes não “se machucem” durante esse período.

Open chat
1
Olá!
Posso te ajudar?